Como Configurar Redes VPN no Android

VPN é uma tecnologia já conhecida para que utiliza um computador, principalmente em ambientes corporativos. Essa sigla é usada para presentar o termo Virtual Private Network (Rede Virtual Privada em uma tradução livre).

Características de uma VPN

O próprio nome diz que essa é uma rede privada que contém uma conexão segura para interligar computadores e outros dispositivos em uma LAN (Rede Local) mesmo que ambos não estejam no mesmo espaço físico e conectados em diferentes redes.

Como já citamos acima, o melhor exemplo para entender uma VPN é sobre o cenário corporativo. Suponhamos que você trabalha em uma grande empresa e que ela permite que você trabalhe de casa, mas você precisa ter a acesso à rede da empresa para realizar suas tarefas.

É nesse momento que surge a VPN, onde o administrador da rede lhe fornece um login exclusivo para que a partir da sua casa você se ligue a rede da empresa, sendo assim, é a mesma coisa que você estive alocado normalmente “fisicamente” na empresa.

A VPN faz uso de um conexão chamada tunneling (túnel em uma tradução livre), e através desse túnel circulam dados criptografados entre dois pontos, ou seja, um computado conectar a VPN e o servidor corporativo. E por fim, quando conectado nessa rede privada, seu computador recebe um novo IP como base nas configurações dos IPs da empresa.

Confira tambémComo desbloquear o WhatsApp usando o Rocket VPN

Principais Vantagens da VPN

Economia: Redes diferentes e fisicamente separadas podem compartilhar a mesma conexão através da internet.

Mobilidade: Como já citamos anteriormente, não são apenas os computadores que podem se conectar as VPNs, mas também os dispositivos móveis como os smartphones e tablets.

Praticidade: Existem várias configurações complexas para definir permissões de usuários e domínios, as VPN oferece um método mais simples para administrar todas elas.

Segurança: O tunneling e a criptografia dos dados fazem com que uma VPN seja mais segura do que uma rede comum.

Desvantagens das Redes VPN

Conflitos: Não existe apenas um tipo de configuração para instalar uma VPN, por isso podem ocorrer falhas de compatibilidade, tornando as conexão intermitentes.

Dados comprometidos: Uma sub-rede mal configurada pode comprometer a segurança e consequentemente os dados da VPN que está conectada.

Configurando uma Rede VPN no Android

A configuração de VPNs no Android é nativa na maioria das versões, mas podem ocorrer exessões nas versões abaixo da 4.1.2 (Jelly Bean). Se você tem um dispositivo com Froyo (2.2), Gingerbread (2.3), Honeycomb (3.0) ou ICS (4.0), recomendamos a instalação do aplicativo a seguir para configurar a VPN no Android:


logo-app
Hotspot Shield VPN WiFi Seguro
AnchorFree GmbH
0   
qrcode-app

Agora se o seu dispositivo é um dos mais novos, vamos começar acessando as configurações do sistema, depois toque na opção “Mais”, agora toque em “VPN”:

VPN no Android - Passo 1

Quando acessa essa opção o Android mostrará uma mensagem solicitando que você configure um PIN ou outra configuração para desbloquei do dispositivo (afinal de contas você não quer que qualquer pessoa acessa suas VPNs facilmente, não é?). Toque em “OK” na mensagem e configure o PIN:

VPN no Android - Passo 2

Configurado o PIN, já podemos adicionar uma nova VPN no Android, para isso basta tocar no sinal de “+” no topo da página. Feito isso serão solicitadas as informações iniciais da VPN que são: Nome, Tipo e Endereço do servidor. Essas 3 informações serão fornecidas pelo administrador da rede de sua empresa ou de quem lhe fornece esse serviço.

VPN no Android - Passo 3

Nome: Essa configuração não influencia da conexão, pois serve apenas para que você identifique a VPN que está se conectando, então você pode escolher o nome “VPN da Empresa” ou “Nome da Empresa”, etc.

Tipo: Como já dissemos anteriormente, existem diversos tipos de VPN, cada um com seu tipo de conexão e protocolos, então informe aqui o tipo fornecido pelo administrador da rede.

Endereço do servidor: Essa endereço pode ser semelhante a um link da web, como por exemplo “servidor1.minhaempresa.com.br” ou um endereço de IP (exemplo: 10.001.002.003).

Identificador IPSec: Essa também pode ser solicitado por sua VPN, pegue essa informação com o administrador.

Chave IPsec pré-compartilhada previamente: Mesma situação do “Identificador IPSec”.

VPN no Android - Passo 4

Agora falta informar o usuário e senha para se conectar à VPN. Informado seu login já é possível se conectar com seu smartphone ou tablet. Nesse momento, mesmo que esteja conectado em uma rede com baixa segurança, o tráfego de dados do seu dispositivo será gerenciado pela VPN, sendo essa uma rede segura.

Ufa, terminamos por aqui! Ah, antes de ir embora… Você sabia que o Android pode ser usado como servidor e também cria suas próprias VPNs?

Você utiliza redes VPN? Já utilizou VPN no seu Android?

Comente sua experiência com a gente!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...Loading...
24 Comentários

Faça um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *