Como liberar memória interna de seu Android?

O que fazer nesses casos? Se desesperar e sair apagando todos os aplicativos não é uma opção.

O problema de falta de espaço interno nos aparelhos Android é muito frequente. Em certos casos, poucas semanas após começar a usar um smartphone novo ele já dá sinais de que não tem mais espaço para armazenar fotos, vídeo e documentos.  O artigo de hoje irá apresentar algumas maneiras de se conseguir espaços no seu aparelho Android.

Como liberar memória interna de seu Android

Identificando o problema

O primeiro passo é identificar o problema de armazenamento. É o excesso de aplicativos que está causando isso? São as várias fotos e vídeos? Ou é apenas o “lixo” que os apps deixam para trás? Saber o que está afetando o seu celular é essencial para solucionar o problema.

Cartão SD pode ser a solução

No caso das fotos e vídeos excessivos, fora as que vem do Whatsapp, o uso do cartão SD pode ser uma boa solução. Nas configurações você pode fazer com que todas as fotos e vídeos da câmera sejam enviadas direto para o SD. Basta clicar na “Câmera”, em seguida nas “Configurações” dela e mudar o “Local de Armazenamento”. Você também pode mudar o tamanho da foto para que ele ocupe menos espaço de armazenagem, mas haverá uma perda de qualidade de imagem.

O cartão SD também serve para rodar aplicativos que não requerem estar na memória interna. Essa funcionalidade irá depender do aparelho e também da versão do Android.

Apps de limpeza

Os aplicativos, principalmente os de rede social, deixam diversos arquivos como lixo. Estes nunca são usados e apenas ocupam espaço. Nesse caso, um aplicativo de limpeza pode ser útil como o Clean Master, que pode ser encontrado na Play Store.

Há aparelhos que possibilitam excluir esse “lixo”, com apps nativos. É o caso do Gerenciador Inteligente da Samsung.

Armazenamento em Nuvem

No caso das fotos e vídeo, documentos em geral, um aplicativo de armazenamento em nuvem pode ser ideal. O Dropbox oferece vários GB de forma gratuita e também pacotes de expansão. A mesma coisa acontece com o Google Drive e o Microsoft OneDrive. Basta jogar as imagens para a nuvem e você pode acessa-las sempre que tiver internet.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 1,00 de 5)
Loading...

Faça um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *